PAR enaltece apoio da comunidade Sant´Egídio

PAR enaltece apoio da comunidade Sant´Egídio

A Presidente da Assembleia da República (PAR), Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, enalteceu o apoio que a Comunidade de Sant’Egídio tem dado a Moçambique, sobretudo na ajuda à pessoas vivendo com o drama do HIV/SIDA e estigmatização, através do Projecto DREAM, o que tem contribuído para renovar a esperança de reerguerem-se e continuar a ter uma vida normal.

Falando esta semana na Comunidade de Santo Egídio, na capital italiana, Roma, a PAR realçou, ainda, que “se hoje a pandemia do SIDA deixou de significar atestado de morte, é graças, em parte, à contribuição e ao trabalho louvável da Comunidade de Sant’Egídio”.

“Nós gostaríamos de, mesmo do fundo do coração, saudar a iniciativa e o trabalho que tem sido feito por esta organização porque tem sido uma grande ajuda e nós vos damos força. Tudo faremos para vos ajudar”, disse a Presidente do Parlamento que visitou a Comunidade de Sant’Egídio à margem da 24ª Assembleia Geral da Assembleia Interparlamentar da Ortodoxia de 25 – 30 de Junho na capital italiana, Roma.

Na ocasião, a PAR ficou a saber que a Comunidade de Sant’Egídio tem em curso, desde 2010, um Projecto denominado “Bravo” que consiste essencialmente no registo de nascimentos que, à semelhança do projecto DREAM, surge na sequência e em resposta ao clamor das comunidades rurais pelos serviços de registo.

Na sua primeira fase, iniciou com a capacitação dos conservadores e técnicos ao registo de nascimento na província de Nampula, nos distritos de Mecuburi e Moma, com um programa de brigadas móveis que primeiramente trabalhavam directamente nas maternidades, como forma de encurtar as distâncias para as mulheres que iam dar parto nas unidades hospitalares.

Em 2015, o projecto contemplava não só Nampula, mas também Maputo e Beira. Dada a importância do registo de nascimentos, a Comunidade de Sant’Egídio realizou uma conferência em Maputo a 19 de Junho do corrente ano que contou com a participação de diversas entidades das quais representantes do Ministério da Justiça, da UNICEF tendem como, fazer uma reflexão sobre a criação de uma estrutura estável e sustentável para fazer face ao problema dos registos de nascimento, que se afigura ainda preocupante em Moçambique.

A Comunidade de Sant'Egídio é uma organização católica fundada em 1968 no bairro de Trastevere, em Roma, Itália, dedicada à obras de caridade, evangelização e promoção da paz.

SECRETARIADO GERAL


Estrutura Orgânica 
Conselho Consultivo

 

GRUPOS PARLAMENTARES


FRELIMO 
RENAMO
MDM

CÍRCULOS ELEITORAIS


Maputo Província
Maputo Cidade
Gaza
Inhambane
Manica
Sofala
Tete
Zambézia
Nampula
Niassa
Cabo Delgado