A Presidente da Assembleia da República (PAR), Esperança Laurinda Francisco Nhiuane Bias, procedeu, segunda-feira última, na cidade de Pemba, a entrega de um donativo para as vítimas do terrorismo na Província nortenha de Cabo Delgado.

O donativo é constituído por material escolar e diversos artigos de vestuário que vai confortar as populações vítimas do terrorismo em alguns distritos daquela parcela do território moçambicano.

Falando momentos após a entrega do donativo ao Secretário de Estado da Província de Cabo Delgado, António Supeia, a PAR endereçou uma mensagem de pesar a população daquela província pelas lamentáveis perdas de vidas humanas causadas pelas acções violentas dos terroristas, onde as mulheres e as crianças são as principais vítimas das atrocidades.

Na ocasião, a Presidente do Parlamento moçambicano reafirmou que o terrorismo põe em causa não só a paz, a integridade territorial e a soberania de Moçambique, como também constitui uma ameaça à estabilidade política e econômica da região da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral ﴾SADC﴿ e não só, considerando que o terrorismo é um fenômeno global.

A PAR exortou a população a continuar a reforçar as medidas de prevenção e combate à pandemia da COVID-19, um inimigo, segundo ela, “comum e invisível que continua a tirar vidas dos concidadãos, apesar dos esforços das autoridades de saúde para a redução dos seus nefastos impactos”.

Por seu turno, o Secretário de Estado da Província de Cabo Delgado agradeceu o espirito de solidariedade demonstrado pela PAR, tendo prometido canalizar o donativo aos beneficiários.

No prosseguimento da sua visita de trabalho a Província de Cabo Delgado, a PAR visitou, terça-feira finda, o Distrito de Metuge para interagir com as populações residentes no Centro de Acolhimento de Deslocados vítimas do terrorismo.

A PAR confortou os deslocados e transmitiu uma mensagem de esperança pelo trabalho que as Forças de Defesa e Segurança ﴾FDS﴿ estão a desenvolver visando a reposição da paz, ordem e segurança públicas.

No breve encontro com os deslocados, Bias apelou a todos os cidadãos, em particular, aos jovens a juntarem-se aos esforços das FDS, denunciando os esconderijos e movimentação de terroristas, como forma de facilitar o trabalho em curso para o fim da situação que se vive em alguns distritos da Província de Cabo Delgado.

Esta quarta-feira, dia 30 de Junho, a PAR escala o Centro de Acolhimento de Deslocados de Marocane, no Distrito de Ancuabe, para depois seguir viagem, com o mesmo propósito, para a Província de Nampula.

SECRETARIADO GERAL
____________________________
CONHEÇA...
_______________________
COMISSÕES DE TRABALHO
____________________________
CÍRCULOS ELEITORAIS
_________________________
 
________________
Estrutura Orgânica Parlamentos do Mundo 1ª Comissão - CAC,DHL Maputo Província
Conselho Consultivo Outras Ligações 2ª Comissão - CPO Maputo Cidade
UEEFO   3ª Comissão - CAS,GTC Gaza
    4ª Comissão - CAPPL Inhambane
____________________________   5ª Comissão - CA,EA Manica
BANCADAS PARLAMENTARES   6ª Comissão - CD;SOP Sofala
FRELIMO   7ª Comissão - CRI,CC Tete
RENAMO   8ª Comissão - CP,QR Zambézia
MDM   9ª Comissão - CEP Nampula
      Niassa
      Cabo Delgado