A Presidente da Comissão dos Assuntos Sociais, do Gênero Tecnologia e Comunicação Social ﴾CASGTCS﴿, Lúcia Pedro Mafuiane, instou, terça-feira finda (13) ao Governo do Distrito de Morrumbene, na Província de Inhambane, a fazer o acompanhamento dos jovens que se beneficiam do Fundo de Apoio a Iniciativa Juvenil (FAIJ) para garantir que os reembolsos possam beneficiar mais jovens.

A deputada Mafuiane, que falava durante um encontro de trabalho que um grupo da CASGTCS manteve com o Governo daquele distrito no âmbito da acção de fiscalização do cumprimento do Programa Quinquenal do Governo ﴾PQG﴿ salientou que “não basta que os projectos sejam aprovados e financiados, é preciso também averiguar a sua viabilidade e, sobretudo, se trazem ou não uma mais-valia para os próprios jovens”.

De acordo com Mafuiane, o Governo não pode financiar projectos e depois não fazer o acompanhamento para aferir  se estão ou não a surtir os efeitos para os quais foram financiados. “Por isso, há casos de jovens que receberam o FAIJ e depois os respectivos projectos na vingaram”, disse a parlamentar, sustentando que “esta é uma das razões que faz com que vários jovens beneficiários não consigam fazer o devido reembolso e entram de novo na situação de desemprego”.

A Presidente da 3ª Comissão da Assembleia da República reagia assim a informação do Governo de Morrumbene segundo a qual está em curso o processo de recrutamento de jovens com iniciativas empreendedoras para se beneficiarem do FAIJ. Segundo a deputada, antes de se atribuir o financiamento é necessário que o próprio Governo Distrital faça uma avaliação minuciosa sobre o projecto e, se necessário, orientar os jovens para enveredar por outro tipo de projectos.

 Ainda durante a fiscalização do trabalho do Governo do Distrito de Morrumbene, a Presidente da 3ª Comissão e chefe do grupo que trabalha na zona sul do País no âmbito da acção de fiscalização do cumprimento do Programa Quinquenal do Governo ﴾PQG﴿ 2020/2024 expresso em  Plano Económico e Social ﴾PES﴿ e Orçamento do Estado ﴾OE﴿, pelo Governo, referentes ao segundo semestre de 2020 e ao primeiro semestre de 2021, saudou o crescimento de rede sanitária  naquele distrito com a entrada em funcionamento de mais duas unidades de Tipo II, com um efectivo de 30 agentes polivalentes de saúde  distribuídos pelas comunidades.

Todavia, o Administrador do Distrito de Morrumbene, Monguene Candieiro, indicou que o distrito ressente-se da falta de mais cinco unidades sanitárias, sendo um hospital distrital, uma unidade no povoado de Panga, um em Chicuacuanine, um em Minguene e um em Dimande-II.

“O distrito necessita, igualmente, de mais três casas de espera para mulheres grávidas  nos centros de saúde de Magumbo, Linga-Linga e Murie”, disse Candieiro para quem até este momento o distrito conta com 11 casas de mãe-espera, das quais cinco em material convencional que garantiram 2.979 partos institucionais  dos 5.758 planificados para todo o ano.

O Administrador informou ainda aos deputados que  na componente pulverização intra-domiciliária contra a malária,  911 casas recusaram a pulverização e 7.199 foram consideradas casas não passíveis a pulverização intra-domiciliária  e neste momento 103.733 pessoas são consideradas protegidas com destaque para 13.981 menores de cinco anos e 2.560 mulheres grávidas.

Em Morrumbene, o grupo dos deputados membros da CASGTCS visitou o Centro Educacional de Cambine, no qual enalteceu a valorização do dormitório de Eduardo Chivambo Mondlane, quando era estudante em Cambine, o orfanato local e o Centro de Saúde de Murie.

Esta quarta-feira, o grupo fiscaliza  as acções do Governo do Distrito de Homoine para depois trabalhar no Distrito de Maxixe  para, na sexta-feira, rumar à Cidade de Inhambane.

SECRETARIADO GERAL
____________________________
CONHEÇA...
_______________________
COMISSÕES DE TRABALHO
____________________________
CÍRCULOS ELEITORAIS
_________________________
 
________________
Estrutura Orgânica Parlamentos do Mundo 1ª Comissão - CAC,DHL Maputo Província
Conselho Consultivo Outras Ligações 2ª Comissão - CPO Maputo Cidade
UEEFO   3ª Comissão - CAS,GTC Gaza
    4ª Comissão - CAPPL Inhambane
____________________________   5ª Comissão - CA,EA Manica
BANCADAS PARLAMENTARES   6ª Comissão - CD;SOP Sofala
FRELIMO   7ª Comissão - CRI,CC Tete
RENAMO   8ª Comissão - CP,QR Zambézia
MDM   9ª Comissão - CEP Nampula
      Niassa
      Cabo Delgado