A Administradora do Distrito da Manhica, Cristina de Jesus Mafumo,  garantiu esta quarta-feira que estão assegurados os indicadores sociais  e econômicos, sobretudo no que concerne à segurança alimentar, fornecimento de água e distribuição da energia elétrica para as populações daquele Distrito.

De acordo com a Administradora, a pesar do  primeiro trimestre do ano em curso ter sido de diversas adversidades com destaque a inundações, que provocaram perdas  no sector agrário, instabilidade  de algumas vias de acesso  e vendaval que destruiu infra-estruturas, retardando o crescimento econômico do distrito, este conseguiu, com ajuda de parceiros, reerguer-se e conferir alguma comodidade a população do distrito.

Mafumo falava aos deputados da Assembleia da República pertencentes à Comissão dos Assuntos Sociais, do Género, Tecnologias e Comunicação Social(3ª Comissão) que se encontram a fazer  trabalho de fiscalização no Distrito da Manhiça sobre o cumprimento do Plano Económico e Social referente ao segundo semestre de 2020 e primeiro semestre de 2021.

Mafumo explicou  que na área da saúde,  no programa  de saúde materno infantil registou-se no primeiro semestre de 2021, 6327 consultas pre-natais  contra  contra 7375 de 2020 realizados 5718 partos institucionais  contra 6302 de igual período do ano transato.

“Foram testados 10.647, dos quais 625 foram diagnosticados positivos representando uma taxa de positividade 5.9  por cento,  tendo destes iniciado o tratamento anti-retroviral num total de 673 pessoas”, disse Mafumo para quem devido a imposições e condicionalismos da  Covid-19 houve uma redução por parte de realização de palestras de sensibilização para que as pessoas adiram a testagem voluntárias para o despiste de HIV e Sida, sendo esta tarefa feita a nível hospitalar e busca activa.

Segundo a Administradora de Manhica, no âmbito da protecção social da criança foram assistidas 52 crianças em dois centros de acolhimento, para além de se ter realizado três palestras de âmbito da promoção da igualdade e equidade de gênero, bem como  foram atendidos 3,419  do subsídio social básico, o que corresponde 98 por cento.

“Nos indicadores econômicos conseguimos uma produção agrícola que nos permitiu atingir 166,033 toneladas de culturas diversas, o que equivale a 85 por cento, contra 158,064 toneladas conseguidas no ano 2020,  uma subida em cinco pontos percentuais”, disse Mafumo para quem estes dados conferem uma certa comodidade ao distrito quanto à segurança alimentar para pelo menos três meses.

Ainda na componente económica  foram produzidas 18.97 toneladas  de peixe, uma realização de 25 por cento contra 11.77 toneladas conseguidas em igual período de 2020, um crescimento estimado em 61 por cento.

Na ocasião, os deputados da 3ª Comissão felicitaram o Distrito que mesmo diante de adversidades de vária ordem não cruzaram os braços na busca de soluções que contribuem para que a população do distrito se beneficie de serviços básicos para prosseguirem com a sua vida.

“Queremos  felicitar o Distrito pelo trabalho que está a desenvolver  em prol da população do Distrito da Manhiça. Estamos cientes das vossas dificuldades, contudo queremos encorajar que continuem a trabalhar para o bem da população", disse na ocasião Lúcia Pedro Mafuiane, Presidente da 3ª Comissão e chefe do grupo que trabalha na Província de Maputo para a ferir o pulsar do executivo no cumprimento do Plano Económico e Social e orçamento do Estado tendo enaltecido o facto de o distrito ter colocado um centro de saúde em cada localidade das 13 que existem no Distrito.

Mafuiane congratulou, igualmente, o Distrito pela cobertura da distribuição de água às populações uma vez que dados do Distrito apontam para existência de 68 sistemas operacionais e 286 furos com bomba manual e 54 fontanários  perfazendo uma cobertura de 73,7 por cento, bem como a provisão de energia eléctrica com a 937 novas ligações  contra 487 do ano transacto, uma cobertura de 67 por cento.

“Estas áreas não são da alçada da nossa Comissão, contudo entendemos que se a população tem energia eléctrica, tem acesso a água e a sua produção e produtividade é visível há condiçoes suficientes para que ela consiga desenvolver varias outras acções no âmbito social para a sua vida saudavel”, observou a Presidente da Comissão dos Assuntos Sociais, do Gênero Tecnologia e Comunicação  Social.

Ainda  em Manhica,  Mafuiane encorajou o distrito a continuar a lutar  para a transformação  do Instituto de Formação de Professores de Chibututuine e dos Hospitais Rural de Xinavane e de Manhiça em Hospitais Unidades Gestoras Básicas com vista a conferir maior e melhores serviços aos utentes e à população do Distrito de Manhiça.

“Apelamos ao Governo do Distrito para que continue a sensibilizar as populações para a observância das medidas de prevenção da Pandemia da Covid-19, bem como as doenças endêmicas, como HIV e SIDA, enfermidades que ainda são uma maior preocupação não somente no distrito da Manhiça, mas também do país e do mundo em geral”, disse Mafuiane.

Lamentou a ocorrência de gravidezes precoces no distrito e exortou para a maior investigação para encontrar e punir severamente os autores, porque segundo defende “o lugar da criança não é na maternidade, nem no lar, mas sim na escola. Por isso é necessário que haja mais divulgação das leis de Violência Doméstica, de Uniões Prematuras, bem como de Família e mais vigilância para mantermos as crianças nas escolas”.

“Continuem a mobilizar recursos para a construção de mais salas de aulas, tirar as crianças do chão, devemos sensibilizar outros sectores para a criação de melhores condições para as nossas crianças poderem aprender em condições condignas”, sublinhou.

O grupo da 3ª Comissão que trabalhou, esta quarta-feira, no Distrito da Manhiça vai esta quinta-feira(22) fiscalizar o cumprimento do PES e Orçamento no Distrito de Matutuine, ainda na Província de Maputo. Na Manhiça a Comissão visitou o Centro de Formação de Professores de Chibututuine, a Escola Secundária Filipe Jacinto  Nyusi e o Hospital Distrital local.

SECRETARIADO GERAL
____________________________
CONHEÇA...
_______________________
COMISSÕES DE TRABALHO
____________________________
CÍRCULOS ELEITORAIS
_________________________
 
________________
Estrutura Orgânica Parlamentos do Mundo 1ª Comissão - CAC,DHL Maputo Província
Conselho Consultivo Outras Ligações 2ª Comissão - CPO Maputo Cidade
UEEFO   3ª Comissão - CAS,GTC Gaza
    4ª Comissão - CAPPL Inhambane
____________________________   5ª Comissão - CA,EA Manica
BANCADAS PARLAMENTARES   6ª Comissão - CD;SOP Sofala
FRELIMO   7ª Comissão - CRI,CC Tete
RENAMO   8ª Comissão - CP,QR Zambézia
MDM   9ª Comissão - CEP Nampula
      Niassa
      Cabo Delgado